Por Sérgio Catanho, CEO da Connect Systems

Você já sabe o que é e como funciona um ERP? Ainda não? Um ERP é um Sistema Integrado de Gestão Empresarial, que tem por objetivo gerenciar todos os dados da empresa em um só local.

Isto é, controlar todos os processos de gastos e investimentos, produção e logística de produtos e serviços, área financeira, de vendas, contabilidade, e muito mais.

Se você quer saber mais sobre essa ferramenta e como implementá-la na sua empresa, seja ela de pequeno, médio ou grande porte, essa é a hora!

Continue acompanhando o nosso artigo para saber mais.

O que é um ERP?

ERP (“Enterprise Resource Planning”, ou em português, “Sistema Integrado de Gestão Empresarial”), se refere a um sistema de administração que tem por intermédio reunir todos os processos, recursos e dados de uma organização.

Dessa forma, o controle dos fluxos de dados se torna mais autônomo e otimizado, permitindo que a corporação reduza problemas de comunicação entre cada um de seus setores e até mesmo garantindo a extinção de gastos.

Todavia, toda a relação de informações e dados processuais da empresa ficam centradas em apenas um banco de dados – o que por sua vez, garante segurança de informações e tomada de decisões mais assertiva.

Além disso, é possível obter insights a partir dos índices obtidos ao longo do tempo, sem contar, é claro, na adoção de estratégias que visem aumentar a vantagem competitiva de um negócio em um mercado cheio de concorrentes.

E claro, ele é um serviço dinâmico, já que funciona em qualquer setor corporativo – Sem contar que acelera as operações cotidianas e dá mais liberdade para as equipes realizarem atividades complexas. Não é o máximo?

Como Funciona o Sistema ERP nos Diferentes Negócios?

Se você imagina que um sistema de gestão empresarial não é adequado para sua empresa de médio ou pequeno porte, está completamente enganado(a)!

Um sistema ERP é ideal para qualquer tipo de negócio devido a sua facilidade de se adaptar em qualquer empreendimento, além de ser uma aposta acessível para qualquer gestor que queira gerenciar melhor suas finanças.

Ficou curioso(a)? Continue conosco para saber mais!

ERP em Empresa de Pequeno Porte

Ao implementar a ferramenta na sua empresa, você garante um melhor gerenciamento dos seus gastos, pois o ERP funciona como um alicerce na hora de monitorar as finanças do seu negócio.

Todavia, se você não possuir capital de investimento adequado para a adoção de um sistema robusto, poderá fazer isso por meio de um plano básico – normalmente disponível em diversos serviços.

Assim, você tem total controle sobre as suas áreas de estoque, finanças e comercial.

ERP em Empresa de Médio Porte

Se o seu negócio é de médio porte, não se desespere! O ERP tem a solução perfeita para as suas necessidades.

Através da aplicação de um serviço automatizado como este sistema de gestão empresarial, é possível obter resultados satisfatórios pela sua capacidade de integração com IA (Inteligência Artificial) e análises preditivas.

Sendo assim, você consegue aumentar a sua performance no desenvolvimento de políticas e diretrizes estabelecidas para o seu negócio.

ERP em Empresas de Grande Porte

Assim como nas empresas de médio porte, aqui são aplicadas automações de Inteligência Artificial, bem como a metodologia de Machine Learning.

Para ser mais claro, o machine learning se refere a um método de análise de dados que tem por objetivo final prever e aprimorar o desempenho para identificação de oportunidades e implementação de estratégias que sejam mais eficazes para a empresa.

Um bom exemplo disso, são as recomendações de filmes e séries da plataforma Netflix, ou mesmo a recomendação de jogos da Google Play (ou qualquer outra plataforma similar, tal como a App Store) para aprimorar a experiência de cada usuário.

A partir daí, são diversos os recursos adotados, que podem ser: deep learning, análise preditiva, smart data discovery, e muito mais.

Quais são as Vantagens de Um Software ERP para Sua Empresa?

Agora que você já sabe o que é um ERP e como ele funciona nos diferentes tipos de negócio, é hora de entender quais são os principais benefícios da sua implementação.

Afinal, de nada adianta conhecê-lo se você não sabe o que de fato ganhará com a sua adoção. Vamos lá?

1 – Controle de Gastos

Reduzir gastos e despesas extras de uma empresa é o objetivo de muitos executivos que estejam começando seu negócio – ou mesmo aqueles que já tenham anos de experiência.

Portanto, ao adotar o ERP, você tem total autonomia para monitorar seus gastos e prever quais serão as próximas etapas para realização de investimentos ou cortes de gastos.

Além disso, é possível reduzir o trabalho maçante da sua equipe na realização de tarefas rotineiras – isso possibilita aos seus colaboradores maior atenção para atividades complexas ou que demandem mais tempo, gerando mais capital.

2 – Processos Automatizados

Isso você já sabe, mas vamos deixar bem claro: ao implementar um sistema de gestão ERP, você obtém maior controle sobre as tarefas, além de auxiliar na padronização de processos.

Tudo isso impacta na maneira como sua equipe lida com as demandas da empresa, além de ser uma forma de encontrar falhas que impeçam seu negócio de ir adiante – como são os casos dos gargalos.

3 – Redução de Erros

Com a integração e automatização de diferentes setores, bem como as etapas de cada processo, é muito fácil identificar onde está a verdadeira raiz do problema.

Um exemplo disso, são as corporações que escalam determinadas pessoas para revisão de dados de contabilidade e finanças, o que torna o processo completamente inseguro e impreciso.

Imagine erros humanos que podem ocorrer à nível de obrigações tributárias conferidas pelo Governo?

4 – Segurança de Dados

Um sistema ERP é reconhecido pela sua transparência e centralização de dados, dessa forma, você consegue monitorar todas as operações e atividades dos colaboradores em um só local.

Além disso, estes dados só podem ser acessados pelos usuários designados à essa função; isso traz mais segurança quando se trata de analisar os dados da organização.

É bom ressaltar que um sistema ERP pode ser integrado aos serviços de nuvem disponíveis no mercado, assim, você não fica na mão caso ocorram corrompimento de arquivos e documentos (como ocorrem com o uso de planilhas).

Como Escolher o um ERP que Se Adeque às Suas Necessidades?

Para contratar um serviço ERP dentre as várias opções existentes no mercado, existem alguns aspectos importantes que devem ser levados em consideração, isto é, se você quer realmente que a sua empresa ganhe relevância no mercado.

A seguir, listamos algumas dicas para você escolher o melhor sistema de gestão integrada para o seu tipo de negócio. Confira:

Avalie a Sua Situação

Se você deseja implementar um software ERP nos seu negócio, é importante estar atento às prioridades da sua empresa.

Isto é, entender quais são as suas carências, objetivos e falhas recorrentes – esse levantamento deve ser completo, então tenha muita cautela.

Avalie a Sua Estrutura Corporativa

Ou seja, faça uma análise de todos o seu sistema de computação e de servidores, afim de garantir que o serviço esteja bem alocado.

Capacite Seus Funcionários

Ainda que seja um serviço bem simples, ele pode ser muito complexo no começo, se não tiver certa experiência.

Se você deseja obter o máximo de proveito dele, é importante que os responsáveis pela sua administração estejam adequados às atividades que ele oferece.

A dica aqui, é optar por prestadores que oferecem um período de teste para avaliação.

Avalie Seu Capital

Implementar um software ERP, requer, antes de tudo, pesquisas e muito estudo, além do mais, mesmo após sua implementação, é necessário apostar por inovações que visem aprimorar o trabalho da equipe à medida que as necessidades vão mudando.

Portanto, esteja ciente do custo-benefício que a solução trará para sua empresa.

Em alguns casos (raros) pode ser que esta ferramenta traga mais contras do que prós, deste modo, realize pesquisas, obtenha sugestões de outros executivos e só assim contrate o serviço.

Para saber mais sobre como adotar um sistema ERP na sua empresa, leia o nosso artigo “COMO SABER O MOMENTO CERTO DE INVESTIR EM UM ERP”.

Conclusão

Neste artigo, você viu o quanto a implementação de um Sistema Integrado de Gestão Empresarial – ERP na sua empresa, pode trazer bons retornos.

Mas lembre-se: os custos de um ERP variam muito de serviço para serviço, isto é, vai demandar de quantos recursos você deseja adotar, pois ele é flexível, não necessariamente existem uma, ou duas opções no mercado – São várias.

Basicamente, tudo dependerá de quanto capital de investimento você tem disponível, mas é bom observar que este software contribui e garante para o bom equilíbrio da saúde financeira da sua organização – o que por sua vez, reduz gastos.

Se você quer saber mais sobre gestão empresarial, que tal nos seguir nas redes socais? Você pode nos encontrar no Facebook ou no Instagram, onde for melhor para você. Além disso, você recebe diversas atualizações como essa.

Não esquece de salvar essa página nos seus favoritos, assim você sempre reler quando quiser.

Grande abraço!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − dezessete =

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Mais populares

Categorias

Posts relacionados

Contato

Iremos entrar em contato com você.